Home Patrimónios 24 curiosas expressões portuguesas: a sua origem e significado

24 curiosas expressões portuguesas: a sua origem e significado

Cor de burro quando foge. Andar à toa. Onde judas perdeu as botas. Conheça a origem e significado de algumas expressões curiosas da língua portuguesa.

59008
2

Fila indiana

Tem origem na forma de caminhar dos índios americanos que, desse modo, encobriam as pegadas dos que iam na frente.

 

Testa de ferro

O Duque Emanuele Filiberto di Savoia, conhecido como Testa de Ferro, foi rei de Chipre e Jerusalém. Mas tinha somente o título e nenhum poder verdadeiro. Daí a expressão ser atribuída a alguém que aparece como responsável por um por um negócio ou empresa sem que o seja efetivamente.

 

Não entender patavina

Significado: Não saber nada sobre determinado assunto. Nada mesmo.
Histórico: Tito Lívio, natural de Patávio (hoje Pádua, na Itália), usava um latim horroroso, originário de sua região. Nem todos o entendiam. Daí surgiu o Patavinismo, que originalmente significava não entender Tito Lívio, não entender patavina.

 

Lágrimas de crocodilo

O crocodilo, quando ingere um alimento, faz forte pressão contra o céu da boca, comprimindo as glândulas lacrimais. Assim, ele chora enquanto devora a vítima. Daí a expressão significar choro fingido.

 

Onde Judas perdeu as botas

Como todos sabem, depois de trair Jesus e receber 30 dinheiros, Judas caiu em depressão e culpa, acabando por se suicidar enforcando-se numa árvore.

Acontece que ele matou-se sem as botas. E os 30 dinheiros não foram encontrados com ele. Logo os soldados partiram em busca as botas de Judas, onde, provavelmente, estaria o dinheiro.

A história é omissa daí para frente. Nunca saberemos se acharam ou não as botas e o dinheiro. Mas a expressão atravessou vinte séculos. Atualmente, o ditado significa lugar distante, inacessível.

 

Andar à toa

Toa é a corda com que uma embarcação reboca a outra. Um navio que está “à toa” é o que não tem leme nem rumo, indo para onde o navio que o reboca determinar. Uma mulher à toa, por exemplo, é aquela que é comandada pelos outros. Jorge Ferreira de Vasconcelos já escrevia, em 1619: Cuidou de levar à toa sua dama. Hoje, o ditado significa andar sem destino, despreocupado, passando o tempo.

2 COMMENTS

  1. Alguém sabe de onde vem a expressao: “andar a caçador” (que significa andar sem roupa interior)?

  2. […] Muitas vezes usamos certas expressões mas não temos ideia do que elas significam. São ditados ou termos populares que através dos anos permaneceram sempre iguais, significando exemplos morais, filosóficos e religiosos. Tanto os provérbios como os ditados populares constituem uma parte importante de cada cultura. Historiadores e escritores sempre tentaram descobrir a origem dessa riqueza cultural, mas essa tarefa nunca foi nada fácil. Veja aqui algumas dessas expressões ou ditados populares: Ler mais […]

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.