Início Gastrofolias Às portas de Santarém, o segredo que os “ciganos do rio” trouxeram...

Às portas de Santarém, o segredo que os “ciganos do rio” trouxeram da Vieira.

Os "nómados do rio" foram-se fixando nas margens. E os pratos de peixe de mar deram lugar aos peixes de rio.

581
0
Peixes de rio

Das praias de Viera de Leiria trouxeram barcos e redes.
E não esqueceram hábitos e costumes de vida.
Tejo acima, Tejo abaixo!

Caneiras - Santarém
Tejo, Caneiras, Santarém – Imagem de: Zulmira Relvas – Clique para ampliar

Com um rio por morada, no barco se nascia, amava e morria.
Redol contou-lhes sobrevivência e vidas…

Os ciganos do rio foram-se fixando nas margens. Com as casas de palafitas que as águas beijavam e as varandas que, na altura das cheias, se transformavam em ancoradouro dos seus barcos…

Caneiras - Santarém
Terra de Avieiros à beira Tejo… – Imagem de: Rosário Marques – Clique para ampliar

Os pratos de peixe de mar deram lugar aos peixes de rio. Como aqui, nas Caneiras, em Santarém.

Não vão conseguir passar sem provar esta Avieira sopa de peixe.
Espreitem a receita:
E… mãos à obra!

Espreite mais receitas aqui!

https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1172706822744474.1073741832.261928367155662&type=3Saborear as Regiões, defender o Património Gastronómico Português!

Siga as ligações. Veja as receitas. Experimente. E venha contar!

• FONTE:
Receitas e Sabores dos Territórios Rurais, editado pela Minha Terra – Federação Portuguesa de Associações de Desenvolvimento Local.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.