Início Patrimónios 24 curiosas expressões portuguesas: a sua origem e significado

24 curiosas expressões portuguesas: a sua origem e significado

Cor de burro quando foge. Andar à toa. Onde judas perdeu as botas. Conheça a origem e significado de algumas expressões curiosas da língua portuguesa.

29790
1
Lágrimas de Crocodilo
Lágrimas de Crocodilo

 

Muitas vezes usamos certas expressões mas não temos ideia do que elas significam. São ditados ou termos populares que através dos anos permaneceram sempre iguais, significando exemplos morais, filosóficos e religiosos. Tanto os provérbios como os ditados populares constituem uma parte importante de cada cultura. Historiadores e escritores sempre tentaram descobrir a origem dessa riqueza cultural, mas essa tarefa nunca foi nada fácil. Veja aqui algumas dessas expressões ou ditados populares:

 

Com o rei na barriga

A expressão provém do tempo da monarquia em que as rainhas, quando grávidas do soberano, passavam a ser tratadas com deferência especial, pois iriam aumentar a prole real e, por vezes, dar herdeiros ao trono, mesmo quando bastardos.

Nos nossos dias esta expressão refere-se a uma pessoa que dá muita importância a si mesma.

 

Com a corda toda

Antigamente, os brinquedos que possuíam movimento eram acionados torcendo um mecanismo em forma de mola ou um elástico, que ao ser distendido, fazia o brinquedo mexer-se. Ambos os mecanismos eram chamados de “corda”.

Assim, quando se dava “corda” totalmente a um brinquedo, ele movia-se de forma mais agitada e frenética. Daí a origem da expressão.

 

Bicho de sete cabeças

Tem origem na mitologia grega, mais precisamente na lenda da Hidra de Lerna, um monstro de sete cabeças que, ao serem cortadas, renasciam. Matar este animal foi uma das doze proezas realizadas por Hércules.

A expressão ficou popularmente conhecida, no entanto, por representar a atitude exagerada de alguém que, diante de uma dificuldade, coloca limites à realização da tarefa, mesmo até por falta de disposição para enfrentá-la.

 

Tapar o sol com a peneira

Peneira é um objeto circular de madeira com o fundo em rede de metal, seda ou crina, por onde passa a farinha ou outra substância moída. Qualquer tentativa de tapar o sol com a peneira é inglória, uma vez que o objeto é permeável à luz.

A expressão teria nascido dessa constatação, significando atualmente um esforço mal sucedido para ocultar uma asneira ou negar uma evidência.

 

Farinha do mesmo saco

“Homines sunt ejusdem farinae” esta frase em latim (homens da mesma farinha) é a origem desta expressão, utilizada para generalizar um comportamento reprovável.

Como a farinha boa é posta em sacos diferentes da farinha ruim, faz-se essa comparação para insinuar que os bons andam com os bons enquanto os maus preferem os maus.

 

Sangria desatada

Diz-se de qualquer coisa que requer uma solução ou realização imediata.

Esta expressão teve origem nas guerras, onde se verificava a necessidade de cuidados especiais com os soldados feridos.É que, se por qualquer motivo, se desprendesse a ligadura colocada sobre as feridas, o soldado morreria, por perder muito sangue.

1 COMENTÁRIO

  1. Alguém sabe de onde vem a expressao: “andar a caçador” (que significa andar sem roupa interior)?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.