Home Cantos & Danças Primeiro dia do resto da tua vida, canta o Sérgio Godinho

Primeiro dia do resto da tua vida, canta o Sérgio Godinho

2029
1
Sérgio Godinho

A voz e as músicas de Sérgio Godinho acompanham-nos há tanto tempo que passaram a ser parte de nós.

Deixou que os que vibravam – e em coro cantavam as suas canções – se tornassem avós. Para arrastar os filhos e agora povoar concertos com os netos.
Impressionante a gente nova que arrasta para os seus concertos. Ele que já entrou na casa dos 70.

Um escritor de canções que não têm idade, que não perdem actualidade: Sempre actuantes e interventivas, num universo de força, beleza e equilíbrio estético!

Sérgio Godinho

Apeteceu esta!

Apenas para desejar que hoje seja o primeiro dia do resto das nossas vidas.
De fazer, de sonhar, de viver…
Com alegria, paixão e esperança!

• Primeiro Dia faz parte do álbum
Pano Cru, editado em 1978

A principio é simples, anda-se sozinho
Passa-se nas ruas bem devagarinho
Está-se bem no silêncio e no burburinho
Bebem-se as certezas num copo de vinho
E vem-nos à memória uma frase batida
Hoje é o primeiro dia do resto da tua vida

Pouco a pouco o passo faz-se vagabundo
Dá-se a volta ao medo, dá-se a volta ao mundo
Diz-se do passado, que está moribundo
Bebe-se o alento num copo sem fundo
E vem-nos à memória uma frase batida
Hoje é o primeiro dia do resto da tua vida

E é então que amigos nos oferecem leito
Entra-se cansado e sai-se refeito
Luta-se por tudo o que se leva a peito
Bebe-se, come-se e alguém nos diz: bom proveito
E vem-nos à memória uma frase batida
Hoje é o primeiro dia do resto da tua vida

Depois vêm cansaços e o corpo fraqueja
Olha-se para dentro e já pouco sobeja
Pede-se o descanso, por curto que seja
Apagam-se dúvidas num mar de cerveja
E vem-nos à memória uma frase batida
Hoje é o primeiro dia do resto da tua vida

Enfim duma escolha faz-se um desafio
Enfrenta-se a vida de fio a pavio
Navega-se sem mar, sem vela ou navio
Bebe-se a coragem até dum copo vazio
E vem-nos à memória uma frase batida
Hoje é o primeiro dia do resto da tua vida

E entretanto o tempo fez cinza da brasa
E outra maré cheia virá da maré vaza
Nasce um novo dia e no braço outra asa
Brinda-se aos amores com o vinho da casa
E vem-nos à memória uma frase batida
Hoje é o primeiro dia do resto da tua vida.

1 COMMENT

  1. Bom dia,

    Desculpe estar a incomodar, mas é assim, eu preciso de ajuda para fazer um trabalho de Português e o objetivo desse trabalho é analisar esta música do grande Sérgio Godinho e dizer o que cada verso quer transmitir. Eu tenho algumas dúvidas por isso está a ser difícil de o realizar. Eu agradecia muito se me respondesse a este mail e me podesse ajudar, dando a sua opinião acerca do que cada verso/estrofe quer dizer com o que está escrito.

    PS: Se não fosse pedir muito, pedia que fosse com aguma urgência.

    Obrigado!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.