Home Patrimónios 9 expressões que devemos a Herman José

9 expressões que devemos a Herman José

Recordamos Herman José e as personagens mais marcantes através das expressões que saltaram do pequeno ecrã para a linguagem corrente do grande público.

9977
0

_

A língua portuguesa é muito traiçoeira – Casino Royal


_
Depois de uma travessia no deserto, Herman regressou aos ecrãs em 1990 com esta série passada num casino, onde se cruzavam espiões durante a Segunda Guerra Mundial.

Herman era Artur Royal, dono do casino e marido de Celeste Royal (Ana Bola), viciada em cafezinhos com leite e especialista em pontapés na gramática e cacofonias, que a levavam a repetir: a língua portuguesa é muito traiçoeira.

José Pedro Gomes foi um dos atores que entrou nesta fase para a equipa de Herman, e o seu Caxuxo teve de repetir milhares de vezes à amante russa Natacha (São José Lapa): vai para casa da mamã!

Eu é mais bolos – José Severino, Hermanias Fim de Ano


_
Feitas as pazes com Herman, a RTP confiou-lhe o programa de duas passagens de ano consecutivas. Crime na Pensão Estrelinha (1990-91) tornou-se uma referência da televisão portuguesa, que Herman viria a considerar “o programa da sua vida”.

A trama de mistério em volta da morte de Neves, o dono da pensão, era entrecortada por sketches, muitos deles repescados das crónicas de Herman na TSF.

No ano seguinte, Hermanias Especial Fim de Ano deixa para os anais (lá está a língua portuguesa…) do humor nacional a entrevista a José Severino, o pasteleiro convidado por engano, responsável pelo bordão que ainda hoje repetimos quando não estamos confortáveis com um tema: eu é mais bolos.

Goodbye Maria Ivone – A Roda da Sorte


_
Veio depois a fase dos concursos, que o próprio Herman considerou o seu auge de popularidade. No início dos anos 90, Herman ocupou os finais de tarde de semana com “A Roda da Sorte” (1990-93) e “Com a Verdade M’Enganas” (1993-94), e as noites de sábado com “Parabéns” (1993-96).

O primeiro concurso, em que Herman surgia acompanhado pela assistente Ruth Rita e pelo locutor Cândido Mota, foi pródigo em expressões repetidas pelo público em estúdio, o coro das porcazinhas (onde se destacava o Gimba d’Os Irmãos Catita). A farfalota pimpinela, o engrelope ou ah! que bem escolhido! são apenas alguns exemplos desses chavões

Duas músicas do inaudito cantor Victor Peter ficaram então famosas: Paula, eu sofro por você e Ó Ivone, goodbye my love — ainda hoje há quem se despeça com um Goodbye Maria Ivone! A última sessão d’”A Roda da Sorte”, em que Herman destruiu a montra de prémios a tiro de caçadeira, ficou na memória de todos.

(cont.)

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.