Home Aventuras É português um dos melhores locais do mundo para observar estrelas

É português um dos melhores locais do mundo para observar estrelas

No coração do Alentejo, junto ao grande lago, nasceu um dos melhores locais do mundo para ver estrelas: a Dark Sky Alqueva.

1998
0
Dark Sky Alqueva
Dark Sky Alqueva (Miguel Claro)

Imaginemos um lugar onde nos sentimos cobertos por um majestoso céu estrelado. A sensação é indescritível e normalmente apenas possível de forma artificial, num planetário, onde nos sentamos confortavelmente para uma lição sobre as estrelas. Em Portugal, temos a sorte de ter essa sensação ao ar livre.

Dark Sky Alqueva
Dark Sky Alqueva (Miguel Claro)

No meio do Alentejo, o maravilhoso céu do Alqueva parece um veludo escuro revestido por um imenso manto de estrelas. É uma área protegida e certificada internacionalmente, registada como uma reserva Dark Sky, ou “Starlight Tourism Destination”, que se estende por uma área de cerca de 3000 quilómetros quadrados.

Dark Sky Alqueva
Dark Sky Alqueva (Miguel Claro)

Tendo o lugar sido reconhecido como preferencial para observação do céu, os municípios em redor do grande lago do Alqueva – Alandroal, Reguengos de Monsaraz, Portel, Mourão, Moura e Barrancos – juntaram-se num esforço para preservar essa característica especial e, por isso, à noite, baixam as luzes públicas ao mínimo para possibilitar um melhor usufruto deste fenómeno da natureza.

A criação da Reserva Dark Sky Alqueva veio dar um encanto ainda maior ao Alentejo e à sua famosa planície imensa – uma maravilhosa visão que nos transmite paz e serenidade, apenas aqui e ali irrompida pelas serras de São Mamede, Ossa, Adiça, Portel e Caldeirão. Se já teve a oportunidade de visitar um planetário, sabe o quão indescritível é a sensação de contemplar o céu noturno, ainda que artificial. Em Portugal, temos a sorte de poder ter essa experiência ao ar livre.

Dark Sky Alqueva
Dark Sky Alqueva (Miguel Claro)

Além de nos deixar contemplar o lado negro do Alqueva, o majestoso manto de estrelas e galáxias que pintam o céu durante a noite acompanhado apenas pelo ruído musical da própria natureza, o Dark Sky Alqueva dá-nos uma oportunidade perfeita para realizar outras atividades e conhecer tudo o que os três mil quilómetros quadrados circundantes têm para nos oferecer, nomeadamente nos municípios de Alandroal, Reguengos de Monsaraz, Portel, Mourão, Moura e Barrancos.

Dark Sky Alqueva
Dark Sky Alqueva (Miguel Claro)

Tudo isto é possível graças à Rota Dark Sky Alqueva. Associada à Reserva Dark Sky Alqueva, é constituída por unidades de alojamento, restauração, produtores regionais e empresas de animação turística, e é a partir deste roteiro que poderá conhecer melhor a cultura, gastronomia e geografia desta magnífica região.

Dark Sky Alqueva (Miguel Claro)
Dark Sky Alqueva (Miguel Claro)

Imagine-se sob o céu estrelado a fazer um passeio a cavalo, uma prova de orientação, observação noturna de vida selvagem ou de aves, a cear nas margens do Alqueva, a fazer uma prova de vinhos, a dar um agradável passeio de canoa ou simplesmente uma revigorante caminhada. Seja de noite ou de dia, vai ter muito com que se entreter.

Dark Sky Alqueva (Miguel Claro)
Dark Sky Alqueva (Miguel Claro)

Mas deixemos de lado as introduções e passemos às explicações: o que há para fazer, onde e como.

 

ONDE É QUE ESTÁ O LADO NEGRO DO ALQUEVA?

Para o encontrar, nada melhor do que recorrer ao observatório oficial localizado na sede do Dark Sky Alqueva, na Cumeada. Equipado com telescópios de vanguarda para a observação solar e astronómica, este local dá-nos acesso a uma experiência visual única. Desde planetas até às crateras da Lua, e passando pelo céu mais profundo e longínquo do Universo, deixe-se levar numa viagem cósmica por entre as nebulosas, galáxias e enxames de estrelas que se erguem acima de um dos melhores céus do mundo.

 

E SE QUISER OBSERVÁ-LO PELOS MEUS PRÓPRIOS MEIOS?

Claro que também é possível fazer uma observação pessoal ora mais simples a olho nu, ora mais minuciosa através de material dedicado – se é adepto da astrofotografia, vai ter muito espaço na região para fazer experiências e captações únicas. De sublinhar a forte colaboração das autarquias que integram a Reserva, uma vez que a iluminação pública artificial é diminuída entre as 23 e as 5 horas da manhã.

 

QUE MAIS POSSO FAZER NA REGIÃO DO ALQUEVA?

Tendo um meio de locomoção à disposição e qualquer forma de cartografia de apoio – seja um moderno sistema de navegação ou um tradicional mapa em papel –, é fácil partir à aventura e conquista de novas experiências no Alentejo interior. Seja com ou sem roteiro já preparado, é um desafio obrigatório partir à descoberta das maravilhas que a região em redor do grande lago do Alqueva tem para oferecer. Tudo isto graças a três ingredientes fundamentais: a excelente gastronomia, as ótimas paisagens e as gentes de coração grande e aberto.

 

Fotografias: Miguel Claro

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.