Início À boleia... Imperdível: Vídeos de voar Açores

Imperdível: Vídeos de voar Açores

1407
1
COMPARTILHE
Lagoas das 7 cidades

Os Açores foram sempre para mim um deslumbramento: pela diversidade e verdade da sua paisagem, pelo calor humano nalgumas das suas ilhas, por aquela crença no Espírito Santo da partilha, pela simplicidade e alegria das suas festas.

Tenho a sorte de ter percorrido todas as ilhas e navegado mares de Açores. Sou daqueles que acreditam que arquipélagos só se sentem quando, depois de lonjuras de olhar mar adentro, se salta para cima do cais.
É o tempo das despedidas, das conversas e dos amigos de ocasião, no barco que fica para trás.

Guardo recordações do capitão do Terra Alta e do João Quaresma, nas ilhas do Triângulo, ou do Mestre Augusto, das Flores para o Corvo e  vice-versa.

Ilha do Corvo
Ilha do Corvo: Mulher com ilha em fundo…
Fotografia de Antunes Amor, num dos “Passeios
de Jornalistas” que na altura eu promovia.
Porque há vida fora dos grandes centros…!

Entre travessias de céu azul e mar calmo… houve de tudo. Até os baldões daquela lancha da capitania que, do porto da Horta, me levou à Madalena do Pico. Naquele Agosto em que muitos telhados da ilha voaram na tempestade.

Estava mesmo na Terceira aquando do mais recente forte sismo da ilha ao lado. Em trânsito para o deslumbramento de um pôr-do-sol na Fajã Grande das Flores.

Ia estragando um casamento porque o Padre, exímio na guitarra de arame, interrompeu a cerimónia para sair da igreja e vir para o Largo acompanhar os “seus” tocadores, naquela Emissão em directo do “Feira Franca” da Antena 1 na Graciosa.

E até fiz um jantar – com 20 continentais jornalistas meus convidados – na Tasca do Alberto da Fajã do Ouvidor, em São Jorge.

Mas nunca vou conseguir esquecer as imagens e o peso das ausências naquela emissão depois da tragédia da Ribeira Quente…
No mais, sou um apaixonado pelo Carnaval da Terceira, pelas fajãs, pelas lagoas, pelos cavacos… E por tantas outras coisas que não cabem aqui.

Que me desculpe o Hélder Afonso. Estava para fazer uma introdução a um post com os vídeos dele, mas as imagens trouxeram tantas coisas à memória.
Recordaram-me até o truque de ficar a espreitar os motoristas de táxi, estacionados em fila, para escolher aquele que iria ser meu condutor (e guia) durante os dias que iria ficar numa das ilhas…!

Já chega de conversa.
Vamos às imagens dos Açores!

A viagem começa com esta visão da Lagoa das Sete Cidades, em São Miguel. Já sabe que, se estiver por lá e aparecerem os nevoeiros que tudo tapam, vai ter de esperar até que o vento limpe tudo.
Mas não vai dar por perdido o tempo da espera!

Garanto que nunca vi assim aquele Algar do Carvão, na Terceira. E olhem que já subi e desci as escadas, que do alto levam ao fundo, diversas vezes.
Mas nunca consegui voar…

O calor que vem do centro da terra.
Dá para cheirar. Para fotografar. E para fazer o “Cozido das Furnas”…

Apesar de Vila Franca do Campo ser uma das minhas fixações… Nunca pus o pé no ilhéu. Fico sempre do lado de cá, no paredão.
Vá se lá saber porquê…

Que se passa? Tantas vezes andei pelas bandas da Ribeira Quente. Umas mais fáceis que outras… E não recordo esta cascata.
Obrigado ao Hélder Afonso por a mostrar aqui. Tenho de lá voltar para ver se não estou enganado!

A viagem é curta mas vale a pena.
Mas eu guardo memórias da velha Espalamaca. Que, dizem, está a ser reparada e vai voltar a navegar.
Horta, Madalena, São Roque, Velas… Quem sabe se a tempo de umas Sopas do Espírito Santo nas Manadas.

Em São Miguel não se nota a exuburância de emoções e sentimentos que encontramos na Terceira. Se calhar, porque não têm falta de chá…
Pelo menos na Gorreana há para todos os gostos e desejos…

Como é que a destruição provocada por um vulcão e aquele mar de cinzas com que sepultou casas, campos e vidas, pode revelar-se tão imponente e belo?
As cinzas estão a deslocar-se e já se vê o farol quase todo. Um dia destes…

E regressamos a São Miguel. Para as despedidas, na Lagoa do Fogo.
Que, depois de espreitada do alto, merece a descida e um passeio pelas margens.

Ficamos por aqui. Senão… não fazíamos mais nada do que falar dos Açores.
Um agradecimento ao Hélder Afonso por estes vídeos.
Souberam bem.
Mas trouxeram muitas saudades…

 

1 COMENTÁRIO

  1. Boa Noite ,Descobrir Portugal ;! Muitíssimo obrigadas por partilharem connosco este belíssimo Video ;sem palavras ;maravilhoso lindíssimo de morrer ;como eu gosta de conhecer aquelas maravilhas de Ilhas ;! quem conhece sabe que é lindíssimo ;! obrigada mesmo ,!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here