Home Gastrofolias E uma Vitela Arouquesa criada em pasto natural?

E uma Vitela Arouquesa criada em pasto natural?

Criada em pasto natural, o crescimento da Vitela Arouquesa depende muito do equilíbrio entre o ambiente e a alimentação. Ímpar, devido à sua origem como raça e àregião onde se desenvolve.

144
0
Arouquesa03
Saborear Horizontes e Sabores | Imagem: Arouca Geopark

Há quanto tempo não lhe toca um deslumbramento de Vitela Arouquesa?
Cor, consistência, aroma e sabor bem definidos. Tenra e suculenta: A cor rosada surge com o marmoreado da gordura intra-muscular.
Uma carne dos céus!

Criada em pasto natural, o seu crescimento depende muito do equilíbrio entre o ambiente e a alimentação. Ímpar, devido à sua origem como raça, forma de criação e região onde se desenvolve.

Arouquesa
Um pasto de horizontes abertos. Imagem de Aqui é Arouca (Comércio Local de Arouca).

Se os animais adultos estavam talhados para outras utilidades – as fêmeas eram preciosas no leite, os machos indispensáveis a puxar carros e arados – restavam apenas os animais jovens. Com aproximadamente cinco a nove meses, entre os 70 e os 135 kg.

As vitelas dos lameiros também sobem à Serra!

São apenas considerados matéria-prima de Carne Arouquesa os animais nascidos, criados e recriados dentro dos limites da área geográfica. Que abrange quatro distritos: Viseu, Aveiro, Porto e Braga, num total de 22 concelhos, incluindo Marco de Canaveses.

Arouquesa01
Na Serra de Montemuro, entre as aldeias de Mezio e Meã, pela En 321 | Imagem de Álvaro Almeida | Ver original

A carne de Raça Arouquesa foi consagrada com a Denominação de Origem Protegida em 1994. Em 1998 foi atribuída a gestão da marca “Carne Arouquesa DOP” à ANCRA, que desde então tem colocado este produto à venda ao público nos mais diversos locais de norte a sul do país.
Tem hoje uma aceitação excelente no mercado e a sua procura vem a aumentar significativamente.

Se hoje já a vai conseguindo encontrar por aí nos restaurantes, o desafio é mesmo ir à procura destes sabores na região onde a vitela nasce, é criada e acarinhada.
Haverá coisa melhor do que conjugar descoberta gastronómica com descoberta de paisagem, usos e costume das gentes que ao longo de séculos aprimoraram esta raça autóctone?

Sabe confeccionar a vitela arouquesa?
Não se preocupe. Deixamos-lhe aqui a receita:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.